Em quem você vai votar para Prefeito?

Publicado em 18 de agosto de 2012 por Jackson, antes de o blog ter sido crackeado

Desde que escutei argumentos estabelecendo a inutilidade do ato de votar branco, eu concordei com a tese.

Com efeito, abster-se não resulta em nenhum ganho prático.

Primeiro, porque as abstenções não incomodam aos atores das campanhas eleitorais. Desconheço que algum cargo eletivo tenha permanecido vago por conta dos votos brancos (ou nulos).

Segundo, porque não votar em ninguém favorece a que se elejam os candidatos sem projetos. Sim, porque estes dispõem de dinheiro para… ah, sei lá… entende?

Já ouvi de uma irmã que não tinha opção que não fosse votar em branco (em um dos pleitos passados). Eu discordei da declaração, mesmo desanimado com as opções que o “mercado” (infelizmente, literalmente isso) nos dispunha.

Hoje, entretanto, em penso que estou quase abjurando o argumento pela inutilidade da abstenção — ao menos, no que concerne ao cargo majoritário.

Puxa vida! Quanto desânimo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *