Vermes!

Vermes por toda parte!

Sim, em sentido figurado.

Na política.

No dia-a-dia. Sim, também no dia-a-dia. Foi-se o tempo em que se acreditava que os políticos seriam perversos, devassos, e teriam outras taras, mas o povo seria íntegro.

Não, quando as instituições se corrompem, todo o organismo (a sociedade) adoece.

Está um caos.

E, como o espírito está deprimido, os vermes aproveitam.

O blog, que estava às moscas (insetos repugnantes), de uns tempos foi infestado por vermes (worms, spams, coisa assim).

Cheguei a pensar que o post tão visitado pela praga tinha algum texto que os atraía.

Pareceu-me improvável. Contudo, não entendo muito de websemântica, essas coisas.

Mas quem sabe se eu postar alguma coisa…

Bem, aí vai.

Ainda não fui vencido. Vou reagir. Estou reagindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *